LULA NA TIME

A @Time apresentou essa semana para o mundo o perfil de um ex-presidente que agora é um ex-presidiário e com isso nega fatos e omite a informação correta para seus leitores apresentando um político que não existe mais.

A matéria de uma das maiores revistas do mundo apresentou essa semana a volta de Lula como uma bomba para o Brasil. Após anos de uma profunda investigação que envolveu mais de 4.000 pessoas entre elas, juízes, desembargadores, advogados, promotores, investigadores, delegados, policiais e inúmeros órgãos da justiça federal e ministérios públicos estaduais incluindo a receita federal. A investigação que ainda não terminou devolveu aos cofres públicos bilhões de reais apreendidos e em posse da maior organização criminosa da história do Brasil. Prendeu, julgou e processou a mais alta cúpula da política e do empresariado brasileiro. Réus confessos muitos hoje estão em liberdade beneficiados por canetadas vindas por de meia dúzia de juízes da mais alta corte de justiça indicados pelos próprios criminosos que respondem a esses processos.

A @Time não se sabe porque (eu imagino como é) apresenta a seus leitores em uma época onde está sendo disputada as eleições para presidente do Brasil, um lula que foi um dos mentores de todo esse processo de corrupção, julgado em várias instâncias da justiça federal como uma possível vítima de todo esse o processo.

Vale lembrar ao leitor que a grande maioria da empresas de comunicação no Brasil pertence a políticos e que o dinheiro desviado pela maior organização criminosa de todos os tempos está sendo usada exatamente nessa época onde a indústria da corrupção precisa ser novamente organizada e voltar ao poder, poder de comandar novamente os recursos que no passado estavam nas mãos deles.


A MANIPULAÇÃO DE NOTICIAS ATRAVÉS DE IMAGENS TAMBÉM É UMA CONSTANTE PARA ENGANAR O LEITOR.


Um exemplo é a imagem abaixo publicada para ilustrar a matéria. Um local com a impressão que existe uma multidão no local.

Abaixo a imagem real do evento.

Caro leitor lembre uma coisa importante, as grandes empresas de comunicação em todo o mundo vivem de publicidade e matérias pagas produzidas são uma constante nessas redações.

E é importante entender também que, nessa época de eleição o dinheiro desviado dos cofres públicos é investido pesadamente na indústria da corrupção, compra-se de tudo.


Por Davi Peixoto


11 visualizações0 comentário